quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Beleza?!

Onde está a beleza? Ou o que é a beleza? Você já não parou pra perceber que a beleza é algo relativo?

Quando vemos aquela pessoa tão linda, mas tão linda que pensamos “nossa eu não daria conta” ou” ele nunca olharia pra mim”... Pois eu digo OLHARIA SIM!

Estamos tão acostumados com o ‘mais fácil’ que sempre desistimos antes mesmo de ter tentado, ontem quando voltava pra casa à

noite tive uma

conversar, e hoje vi uma reportagem sobre beleza, um

assunto tão gostoso.

A beleza não está apenas em ser belo, mas também nas atitudes do individuo, o que faz as fantasias sexuais serem tão cobiçadas que não cargos de pessoas que são autoridades? Ou que tem autoconfiança e precisam ter

para atuarem em seus cargos (enfermeira, bombeiro, militares, médicos), enfim a meu ver o ser humano busca estabilidade em outro, mesmo sendo apenas algo passageiro, nós buscamos qualidades que no mundo de hoje está um pouco “desleixada”: a autoconfiança, a sinceridade e a firmeza de caráter.

O homem buscar suas qualidades esquecidas no parceiro tentando compensar as suas próprias negligenciadas, sem saber que ai está o seu maior erro, porque todos somos falhos! E o que é uma qualidade minha pode ser o defeito do outro, E o que é minha qualidade é apenas MINHA e NÃO pode aj

udar o outro como um pilar para seus sustentáculos. Vamos deixar de ser medrosos e nos sustentar com nossas próprias qualidades, temos beleza imensurável dentro de nós que apenas nós encontraremos, e jamais o outro conseguirá garimpar a não ser você mesmo.

A verdadeira beleza não esta no que você tem dentro do guarda-roupa, ou como está

seu cabelo, a verdadeira beleza está DENTRO DE VOCÊ e só você poderá fazer ela brilhar! Essa beleza só você poderá expor, de todas as pessoas que passam por nossas vidas nem uma delas conseguiram abrir essa porta, elas não tem esse poder, apenas você tem a chave, algumas baterão e você ouvira do outro lado, mas só você a abrirá!

Vamos esquecer essa beleza estereotipada e aprender com o EU que existe dentro d

e MIM, como diria Rita Lee em sua música “Eu e Mim”, tentar

compreender o eu dentro do mim que

fabricamos pra sociedade, tirar essas máscaras que criamos para sermos aceitos, por traz delas está nossa verdadeira bele

za, não a física a comum que vemos em rostos de revistas, mas uma beleza viva, uma beleza cativante, essa beleza real.

Rita Lee – Eu e Mim

No espelho não é eu, sou mim.
Não conheço mim, mas sei quem é eu, sei sim.
Eu é cara-metade, mim sou inteira.
Quando mim nasceu, eu chorou, chorou.
Eu e mim se dividem numa só certeza.
Alguém dentro de mim é mais eu do que eu mesma.

Eu amo mim
Mim ama eu
Quem dentro de mim é mais eu que eu mesma?

2 comentários:

MENTES INQUIETAS disse...

Porque buscamos no outro um significado para nos mesmo, sera que que conseguimos nos ver sem a referencia do outro? beiojosssss amiguinho e tenha uma linda semana.

Ana Paula disse...

Sem comentários, mais jah comentando...huashuah
C eu naum me engano essa data me lembra algo,uma volta do centro a noite, uma conversa boa como sempre e um cachorro qnt q me fez mau....=/

Soh digo q tudo q tuh falou....eh muito lindo, muito pratico, mais muito ilusório tbm.....pelo menos para a minha pessoa....sabemos q a realidade eh outra.....beleza naum eh algo relativo!!!


Enfim, gostei do texto e do trecho da musica....^^
BJoO, amo-te!!!