segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Expressar-se

Hoje, melhor dizendo agora mesmo, um fato curioso aqui em casa. Porque as pessoas têm dificuldades em expressar-se? Por que fomos criados sem aprender a expressar nossos sentimentos? Se um homem abraça outro ele é rotulado de bicha, se chora é mulherzinha, por que fazemos isso com nós mesmos?

Bom é que hoje aqui em casa começou o desabrochar da libélula (prefiro libélula a borboleta acho mais bonitas), minha mãe começou a expressar seus sentimentos! Bom vindo de uma criação um pouco, por que não extremamente, conturbada de atritos paternais e repressões maternais, enfim o fato é que nunca aprendeu a expressar seus sentimentos sempre reprimidos, ai o que alguém vai passar se não o que aprendeu? Sim aprendi da mesma forma, mas com o passar do tempo aprendi também que podia expressar meus sentimentos também! Acreditem a primeira vez que disse “mãe eu te amo!” foi esse ano no aniversário dela! Absurdo? Talvez, mas de uma criação machista que muito de nos vivemos isso é comum. São essas coisinhas que ao passar do tempo vai sobrecarregando e as pessoas não se agüentam mais, ai começam os estresses, depressões, cânceres sim por que se você reprime tanto seus sentimentos como raiva, por exemplo, qual vai ser a válvula de escape?

Aonde quero chegar é que todos vêem ela como má, brava, autoritária (e de fato é) e isso a incomoda um pouco porque por mais que não queira ser assim ela é, não consegue dizer que sente por sei lá costume?! Acredito que seja, pois em toda uma vida foi assim então desvencilhar-se de velhos hábitos é difícil, e como é! É tão difícil chegar e conversar dizer que não gostou de tal ou tal atitude, ou dizer que gosto de alguém amo alguém, aqui estou generalizando porque conheço MUITA gente que não expressa o que sente, não precisa ser com palavras, que seja com gestos atitudes enfim, que apenas expresse-se.

É algo difícil pra quem aprendeu em uma vida que isso não é algo essencial, que é algo ‘indiferente’ a si mesmo, bom viva aos primeiros passos, por que um dia conseguiremos mudar essa educação (que já esta mudando) repressora ou melhor anuladora (digo anuladora porque anula o sentimento e sua expressão, anula por não saber lidar com ele ou não saber como expor o mesmo, ai anulamos para não precisar lidar).

Como costumo dizer, são minhas idéias bem vomitadas, com uma organização desorganizada que só o próprio compreende. Espero que quem ler também compreenda!

3 comentários:

William disse...

Verdade...somos criados a nao demonstrarmos sentimentos e muitas vezes nos prejudicamos por causa disso...sou a favor da demonstracao de sentimmentos tambem ^^
C sabe q te amu neh homiinn huahuahuuha
Otimo blog
Bjx

grazi.docinho disse...

Marido, eu entendi sim, e não não é nenhuma loucura, a sociedade em que vivemos quer tanto seres fortes que muitas vezes nos esquecemos que somos feitos de carne e osso... e temos sim, sentimentos lindos que devem ser demonstrados sempre... eu te amo!! Adoreii tudo aqui.. Beeeijo!!

Rennan disse...

Realmente a IGREJA nos limita e nos põe medo em tudo, nos repreendendo. Com isso atiçando ainda mais a termos vontade do que é "profano", "não aconselhável".
E sobre a morte, até a IGREJA fala na REENCARNAÇÃO DE CRISTO. Mas ninguém reencarna só Jesus Cristo, segundo a IGREJA CATÓLICA. Isto é uma coisa como acredite em mim só eu digo a verdade, mas ESPIRITISMO não existe. Como é contraditório ELE reencarna , e isto não é espiritismo como?
É muito difícil PERDER alguém. Temos que aprender viver sem a pessoa que se foi... Dói demais, era pra ser "natural" todo mundo nasce, cresce e morre. Mas é bem como vc mencionou. Como vamos VIVER sem aquelea pessoa que perdemos? [Falta aquela dependência que a gente investe nos outros, não temos mais a quem recorrer, na morte]

Muito bom este, blog.
Diogo , vc tem q ser escritor
abç

Carlos Alberto Menetrie Andreo - B.C - SC