domingo, 20 de setembro de 2009

Porque é normal ser diferente!

Dando vida a esse blog, começo com uma idéia, ou melhor, uma pergunta!

É normal ser anormal?

Ao título do blog ‘O Anormal’ quero expor um ponto de vista diferente, do cotidiano que acredito fazer parte de todos nós.

Quantas vezes fazemos essa pergunta a nós mesmos, somos normais? Eu sou normal? Eu pela minha história de vida acreditava ser “normal”, pois bem explicarei...

Minha vida sempre, como todos acreditam que seja, normal até aos 12 anos acredito eu, descobri minha homossexualidade (ou melhor dizendo homo afetividade) caindo por terra tudo que acreditava ser normal, então crescendo aprendendo e me auto assumido, consegui entender que não era nada de anormal, afinal o mundo ta cheio disso, só o povo hipócrita ainda não abriu os olhos pra realidade.

Ah um fato que me esqueci de citar! Nasci já sendo ‘anormal’... Sim tenho um irmão gêmeo (de certo ponto de vista anormal é ser diferente, mesmo eu tendo um irmão parecido é diferente diante a grande massa ‘normal’ de existir alguém igual a você enfim...)já começando desde meu nascimento minha ‘anormalidade’ se anormal é ser diferente já nasci diferente (olha que paradoxo! Adoro isso nasci igual a um ser, mas diferente é o fato de ser gêmeo, louco isso!).

Acho eu que todos nós já imaginamos algum dia se somos, fomos ou seremos normais, pois bem eu creio ser o mais normal dos anormais, porque todos têm diferenças, todos têm peculiaridades singulares, que nos diferencia dos outros, mas isso não nos torna um ‘Anormal’. Afinal fazemos tantas coisas estranhas e nem por isso nos qualificamos de anormais por exemplo, quem nunca viu ou ouviu alguém falando sozinho (eu faço muito isso), ou quem nunca vestiu uma roupa diferente e logo chamou atenção? Acho q o ponto é esse, se nunca foi feito ou feito pouco, (porque eu também já me peguei pensando que fulano era louco) nós achamos loucura ou anormalidade o DIFERENTE, se o diferente é anormal viva aos anormais aos loucos as pessoas que fazem a diferença, ora logo tudo isso acostuma e perde a graça e tudo se transforma em normal (igual).

Bom, comecei falando sobre eu ser gay e ter um irmão gêmeo, dizendo ser anormal, aos olhos da massa não é? Afinal ser anormal não implica em ser ruim ou feio ou ainda louco, ser anormal é só ser diferente, pelo fato de eu ser gêmeo as pessoas questionam como é ser gêmeo? Poxa! Eu nasci assim pra mim é super normal, ao meu ponto de vista seria anormal ser diferente do meu irmão!

Então pra entender o desentendido que causei aqui, digo que o anormal é algo muito normal, é apenas “o diferente” que faz as pessoas à primeira vista não compreenderem o porque do que esta vendo, ouvindo, ou seja lá o que for.

É assim que sou um pouco confuso com um pensamento meio torto. Sejam bem vindos ao meu mundo ‘Anormal’

2 comentários:

Flavinha Roberta disse...

Amadooo...Bom ser a primeira a comentar aqui me faz sentir-me muito bem, por vários motivos:
1° por amar tuuuuuuu
2° pq vc escreve bem, tanto poeticamente quanto 'politicamente', seja devaneando na doçura da poesia ou vomitando na realidade das coisas......

Tah MARAAAAAAAAAAAAA

grazi.docinho disse...

Adoooooooro seus textos vomitadosss... porque é normal ser diferente, e é bom ser assim tbm né =D