quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Morte! Por que a temes?

Um fato curioso não? Ouvindo hoje um comentário sobre a morte de uma fulana, “nossa coitadinha morreu né!”.

Bom sem querer citar crença alguma (acredito eu que traços do que creio apareçam rabiscados aqui, mas vou tentar ser indiferente a ela), quero falar hoje, sobre ela, tão temida morte! Vou citar aqui dois pontos de vista. Um é aquele o dito sono eterno! E o outro a reencarnação.

Enfim aonde quero chegar com isso? Pois bem, a fulana morreu, dormiu pra sempre ou vai futuramente reencarnar seja como for, a morte é tão temida, no meu ponto de vista, por que não temos a certeza do que vem depois, acho que muita gente concorda com isso. Mas por que temer um FATO NATURAL que achamos tão sobrenatural?

Plantamos a semente, ela cresce, brota cria folhas, galhos, frutos novas sementes desenvolve-se por anos envelhece e morre. Por que somos diferentes? Não é que queira eu comparar o ser humano com uma planta, o que quero comparar é o ciclo da vida, ou por que não dizer ciclo da morte? (logo chego nele) o ciclo inerente a todos os seres vivos do PLANETA se é inerente a todos porque temos tanto medo de algo natural.

O fato aqui é não admitir a PERDA, é que creio que não fomos criados para lidar com perdas/frustrações. Hoje assisti a um caso de uma mulher que perderá a mãe há alguns anos e ela tem por ‘n’ motivos depressão, e um deles é a perda da mãe. Bom o caso é que ela perderá a mãe, alguém que servia de apoio suporte, logo com sua perda ela perdeu o suporte da mãe tendo de viver sua vida sem alguém pra orientá-la como todas as mães fazem. Enfim ela perdeu seu apoio, logo creio que o motivo forte da depressão é a perca do apoio, ou melhor, a perca em si! Sem saber com lidar com isso sem saber o que fazer sem ter alguém pra estar ao lado, mas o que ela não se deu conta (mesmo falando varias vezes) é de que vive a vida “normalmente” (se não fosse o fato da depressão ela viveria uma vida ‘normal’).

Bom o que tentei expor é que essa coisa de não saber como lidar com percas/frustrações, acabamos caindo em uma cama de gatos, porque a morte É isso uma perca, uma perca de um ‘suporte’ de alguém que te guia (no caso dela). A perca de alguém importante, a perca de alguém que não saberemos mais onde estará ou como estará! E é uma frustração por não saber com lidar com a perca nos frustramos, frustramos “porque ele?”, “por que tão novo?”, a frustração de não ter uma continuidade de não poder controlar aquilo, mas como poderia controlar o fato natural. Vocês podem me dizer, e mortes acidentais que estão fora do ‘ciclo da vida’ pois bem, ai está o caso da frustração! Por que morrer se tinha tanto pela frente, se era tão novo, ficamos frustrados porque a pessoa tinha mais pra se viver, e não pode continuar seu ciclo.

Voltando ao início, porque não ciclo da morte?! Ciclo da morte, não nascemos e etc, e morremos? Estamos em um ciclo que já sabemos o final o ciclo da morte, você vive pra algo que já é determinado, sem saber datas é claro, mas é determinado que um dia morrerá INEVITAVELMENTE. Bem outra hora pretendo desenvolver isso melhor meus neurônios estão um pouco lentos hoje.

Bom se morremos e tememos isso é por que a igreja católica o fez assim. Sim a igreja tem muita culpa! Ou você vai pro céu ou pro inferno, mais facilmente pro inferno o purgatório nem comentarei. Então o inferno é tão assustador que faz temermos a morte por que TODOS somos pecadores, bom só é pecado se você se coloca na condição de pecador, masturbação é pecado e quem nunca fez que atire a primeira pedra, luxuria quem não tem aqueles pensamentos sórdidos em uma noite solitária! Digo pecados luxuriosos por que são os que a igreja mais condena (claro a repressão sexual!), sem falar de orgulho, vaidade, enfim... Dante não escreveu o seu inferno tão assustador por que odiou quem os colocou lá? Então se a morte é o inferno quem vai apreciá-la?

É a cultura da igreja fez temermos a morte, mas a meu ver ela não é uma quimera, e sim uma inocente senhora muito sabia. Que ao fim do seu ciclo, encerra-se para um desabrochar vitorioso. Vivi aprendi e transformei!

3 comentários:

William disse...

Verdade...algo que eh tao natural nao devia ser tao detestado e temido... algumas pessoas tem medo ateh de falar sobre a morte, acho que devia ser algo mais comentado, alem de esclarecer muitas coisas ja preppararia o ser humano para o desfecho certo, pois a unica fatalidade do ser humano, eh o desencarne.
Parabens pelo blog
amu tu enlokecido *-*
Bjux

Flavinha Roberta disse...

esses dias vi o lima duarte falando sobre um amigo dele que tinha perto de 100 anos e perguntado sobre seus planos respondeu:
- Planos eu? meu plano é o paraíso.....pelo clima, o inferno....pelas companhias..
Boa neh?
Acho q me fiz entender
=***
esse blog tah bom demais

Priiii disse...

acho q as pessoas temem a morte pq temem a perda (deixar pra trás o q vive o q viveu...) e tb pq temem a incerteza do pós-morte (pq mesmo em qq creça há sempre a dúvida)
mas "a dúvida é o preço da pureza"
=**